Notícias › 07/04/2022

Diocese de Montenegro implanta nova metodologia de preparação para noivos

Sabendo que a família é o berço de todas as vocações e atendendo ao pedido do Papa Francisco para que a preparação para o sacramento do matrimônio seja também uma iniciação à vida cristã, a Diocese de Montenegro deu um passo importante no último domingo (03/04).

O Setor Família promoveu um encontro na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Montenegro, para dar o primeiro passo na formação de casais catequistas para o matrimônio. Trata-se do “Noivos a caminho”, uma nova metodologia de preparação para aqueles que querem receber o sacramento.

Pela proposta, os noivos participam de um itinerário vivencial de acompanhamento personalizado para o sacramento do matrimônio, tendo como catequista um casal de sua paróquia. Entre os benefícios do itinerário estão a criação de vínculo com a comunidade paroquial e a oportunidade de fazer um discernimento mais aprofundado sobre a vocação que se deseja assumir.

Além disso, o Setor Família dá início a partir de agora a uma campanha de valorização do sacramento do matrimônio. “Este é um sacramento de serviço, onde homem e mulher caminham lado a lado. Vai além do dia cerimônia, é um itinerário que se faz dia a dia, diante das dores e das alegrias, da graça e também da cruz. Precisamos celebrar a beleza deste sim que é uma decisão”, lembram o casal referencial do Setor Família Cleto Becker e Débora Ertel.

“O encontro deste domingo foi um verdadeiro Pentecostes, fomos impulsionados a abraçar a nova missão que o Papa Francisco nos pede. Vamos caminhar juntos”, disse o assessor eclesiástico do Setor Família, Padre João Vítor Freitas dos Santos.

A partir de agora, os catequistas do matrimônio iniciam um processo de formação junto à plataforma da Pastoral Familiar Nacional, já que a metodologia é uma proposta voltada para toda a Igreja no Brasil. Em junho, será a vez de uma formação presencial com Dom Ricardo Hoepers, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e bispo da Diocese de Rio Grande. Nesta diocese, a preparação para os noivos se dá somente por meio da catequese personalizada.

Em agosto será o envio dos catequistas para a missão, com missa em 14 de agosto na Catedral São João Batista.

“Aprender a amar alguém não é algo que se improvisa, nem pode ser o objetivo dum breve curso antes da celebração do matrimônio”. (Amoris Laetitia 208)

Com informações da Diocese de Montenegro