Notícias › 30/06/2020

Festa de São Pedro é celebrada em Rio Grande

Dia 29 é dedicado à São Pedro e São Paulo. São Pedro é o padroeiro da Diocese do Rio Grande, dos pescadores e de todo Estado do Rio Grande do Sul. Por esse motivo a Diocese esteve em festa, que já é tradicional na cidade, sendo a 284ª edição da Festa de São Pedro. Este ano a celebração foi diferente por conta do distanciamento social para combate ao coronavírus.

Pela manhã, a Missa foi celebrada na Catedral de São Pedro, mais antiga igreja do Cone Sul, com a participação de um grupo reduzido de fiéis e transmitida ao vivo pelo Facebook da Diocese. As celebrações em Rio Grande são limitadas para apenas trinta fiéis (contando equipe de celebração), com participação previamente agendada. A Missa foi presidida pelo Bispo Diocesano Dom Ricardo Hoepers que motivou toda comunidade a seguir o exemplo do Apóstolo Pedro, primeiro papa da Igreja Católica, de confiar em Deus e se unir para vencer a Covid com responsabilidade e com os instrumentos fornecidos por Deus, a ciência e o entendimento. A celebração foi concelebrada pelo pároco da Catedral de São Pedro, Padre Gil Raul Pereira Jr. Os padres Gianni Menegazzi, de Roma (Itália), e Raphael Pinto, de Boston (EUA), enviaram mensagens ao povo de Rio Grande em alusão a Festa. Ambos trabalharam na Catedral de São Pedro como párocos nas últimas décadas.

Já a noite foi do Arraial Virtual pelas redes sociais da Diocese do Rio Grande e Pastoral Familiar Nacional. O Bispo, que também é presidente da Comissão Episcopal para Vida e Família da CNBB, comandou ao lado dos músicos Francis Prates e Ângelo Schenque uma live de três horas de duração com músicas juninas, populares, gauchescas e religiosas. No Arraial, que reuniu participantes de todo Brasil nos comentários, também houve reza do terço, uma declamação e apresentação dos projetos relacionados ao Programa de Ação Emergencial “É Tempo de Cuidar”, que tem por objetivo ajudar de forma direta a população mais vulneráveis nesse período. Também foi apresentado o depoimento da Assistente Social Alisson Juliano, coordenadora da Rede Acolher, programa de acolhimento da Prefeitura Municipal do Rio Grande para os moradores de rua, que estão vivendo na Casa de Formação Dom Frederico Didonet, oferecida pela Diocese após o alagamento do Centro de Eventos.

A live contou com mais de 7,6 mil visualizações ao total e foi uma oportunidade de celebração desta festa tão importante para o povo do Rio Grande e apresentou as tradições gaúchas para todo o Brasil.

Fonte: Pastoral da Comunicação da Diocese do Rio Grande