Artigos, Bispos › 01/07/2022

Festa de São Pedro e São Paulo

Saudamos fraternalmente todos que acompanham Voz da Diocese na alegria de celebrar a Solenidade de São Pedro e São Paulo. Recordamos também o Dia do Papa. Assim queremos rezar de modo especial pelo ministério do Papa Francisco, sucessor de Pedro na condução de nossa Igreja.

Prezados irmãos e irmãs. A Igreja conta, na sua história, com muitos homens e mulheres corajosos a ponto de darem a vida para testemunhar sua fé em Jesus Cristo. Queremos recordar de modo especial, o exemplo dos Apóstolos chamados por Jesus.

Simão, natural de Betsaida, irmão de André que eram pescadores. Pedro, chamado pelo próprio Jesus deixou tudo e O seguiu. Ele era um simples pescador e fraco na fé, chegando a negar Jesus quando este estava sendo condenado à morte. Esteve nos momentos mais decisivos da vida de Jesus. Manifestou sua fé com a célebre expressão: “Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo” (Mt 16,16). Foi confirmado por Jesus e chamado Pedro, que significa “pedra” sobre a qual o Senhor prometeu firmar a sua Igreja. “Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la” (Mt 16,18), disse Jesus.

Pedro tornou-se um grande pregador do Evangelho no dia de Pentecostes e líder da primeira comunidade cristã em Jerusalém. Concluiu seu apostolado marcado pelo martírio na perseguição aos cristãos em Roma, sendo crucificado de cabeça para baixo, segundo sua vontade, por não se considerar digno de morrer como Jesus.

Saulo, natural de Tarso, passou a se chamar Paulo após a sua conversão. Recebeu boa educação junto a grandes mestres da Lei, como Gamaliel. Tornou-se fariseu zeloso, capaz de perseguir e aprisionar muitos cristãos. Converteu-se à fé cristã quando estava no caminho de Damasco, em busca de prender alguns cristãos que lá se encontravam. Eis que o próprio Cristo Ressuscitado lhe apareceu e o chamou. Depois de receber o Batismo preparou-se fervorosamente para o ministério. Fundou muitas comunidades nas muitas viagens que empreendeu e passou de perseguidor a perseguido por causa da fé. Foi preso, levado para Roma e lá decapitado. É considerado o grande missionário da Igreja e denominado “Apóstolo dos gentios”.

Caros irmãos e irmãs. São Pedro e São Paulo são para nós as duas colunas mestras da Igreja; seja pela fé como pela pregação. Ambos por meios diferentes sofreram o martírio derramando seu sangue para testemunhar o seguimento fiel a Jesus Cristo. Celebrar esta solenidade é ocasião propícia para renovar nossa fé e nossa comunhão como Igreja com o Papa Francisco.

Queremos pedir a intercessão de São Pedro e São Paulo, a fim de que sejamos todos fiéis à fé recebida. Pedimos ainda para que nosso Papa Francisco seja fortalecido em sua missão, com saúde, com coragem e determinação. Que juntos possamos perseverar no compromisso de anunciar o Evangelho do Reino em todos os tempos e lugares com a mesma intensidade e entusiasmo dos Apóstolos.

São Pedro e São Paulo, rogai por nós!

Um bom domingo a todos e que Deus os abençoe.

Dom Adimir Antonio Mazali – Bispo Diocesano de Erexim