Notícias › 23/10/2020

Hospitais recebem fraldas doadas na Festa de Santa Teresa D’Ávila

Comunidade caxiense doou mais de 3.100 fraldas descartáveis e 800 caixinhas de remédios, estes últimos para a Farmácia Solidária da Casa Madre Teresa

Os hospitais Geral e Pompéia receberam, na quarta-feira, 21 de outubro, os pacotes de fraldas descartáveis doados pela comunidade caxiense durante a Festa de Santa Teresa D’Ávila, padroeira de Caxias do Sul, promovida pela Catedral Diocesana. Ao todo, foram coletadas 1.445 unidades de fraldas de tamanho adulto e outras 1.660 infantis.

A entrega foi feita pela coordenação e voluntários da Casa Madre Teresa, pastoral social da Catedral de Caxias, que também recebeu doações de 800 caixinhas de medicamentos. Eles serão utilizados na Farmácia Solidária, que tem por objetivo dar suporte aos doentes que passam por dificuldades para a aquisição de remédios. Uma pequena parte das fraldas infantis também ficou na unidade para ser distribuída às mães gestantes acompanhadas pela Casa.

De acordo com o pároco da Catedral, padre Volnei Vanassi, a comunidade caxiense atendeu ao apelo de solidariedade e deu testemunho de fé com este gesto de caridade. “Gratidão é a palavra que define toda a programação da nossa Festa de Santa Teresa e essas doações recebidas. Que Santa Teresa, padroeira de Caxias, interceda pela nossa cidade, pelos doentes que estão nos hospitais e sempre mais pelos voluntários e equipes da Casa Madre Teresa”, salienta.

Os festejos de 2020 aconteceram entre os dias 27 de setembro e 18 de outubro, com diversas celebrações, bênçãos aos fiéis e também a coleta de fraldas e remédios. Neste ano, o lema escolhido dialoga com as Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil: “Paróquia Santa Teresa, Casa do Pão e da Palavra, da Caridade e da Missão.”

A Casa Madre Teresa está à disposição para receber doações de fraldas, medicamentos e também alimentos não perecíveis. Basta fazer contato pelo fone (54) 3228-7239. O espaço de atendimento fica na rua Pinheiro Machado, nº. 1.000.

Com informações da Diocese de Caxias do Sul