Artigos, Bispos › 05/10/2022

Maria, Mãe da Unidade

Prezados irmãos e irmãs. A 71ª edição da Romaria Diocesana deste ano tem como tema: “Maria, Mãe da unidade, nos ensina a caminhar juntos” e como lema: “A tua saudação me trouxe alegria” (cf. Lc 1,44). É um convite a renovar nossa caminhada no espírito do Sínodo dos Bispos que conclama à sinodalidade, ou seja, a caminhar juntos, conforme nos pede também o Papa Francisco.

Romaria é uma peregrinação de um devoto a um lugar considerado sagrado para expressar sua fé e devoção. Por isso, como devotos, acorremos ao Santuário para manifestar nossa confiança na intercessão de Maria sob o título de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Colocar-se na condição de peregrino ou de romeiro não é só seguir um caminho, percorrendo distâncias físicas, mas é também fazer um caminho interior que nos convida a ter um olhar voltado para a nossa vida, a nossa história. É olhar para o passado e o presente e vislumbrar o futuro que almejamos para nossa vida cristã, desejosos de santidade. Ao fazermos isso nos deparamos com a nossa realidade, descobrindo nossas forças e nossas fragilidades; nossas alegrias e nossas angústias. Descobrimos ainda os imensos benefícios recebidos de Deus  frente as nossas necessidades. Ser peregrino é ter um olhar para dentro de nós mesmos onde aprendemos a agradecer e a pedir. Porém, o mais importante é saber que Deus nos ama e nunca se esquece de nós, e que Maria, está sempre atenta às nossas necessidades, como mãe, advogada e intercessora.

Assim, como filhos e filhas, aprendemos a buscar no colo da mãe o aconchego nas horas de nossas angústias, dores e sofrimentos, mas também a nos colocar nos seus braços para retribuir com o coração agradecido, o carinho que dela recebemos continuamente pela intercessão que nos ajuda.

Prezados irmãos e irmãs. A devoção a Maria nos vem dos primórdios da Igreja. Nossa confiança na sua intercessão já nos é despertada nas Sagradas Escrituras, onde ela esteve cuidando e acompanhando Jesus em sua missão, como por exemplo, já após a anunciação do anjo, Maria com seu filho no ventre vai ao encontro de sua prima para servi-la e Isabel se enche de alegria ao receber Maria e em seu ventre, seu filho Jesus. Isabel a reconhece como a “Mãe do meu Senhor”, “Mãe do meu Salvador”, assim se expressou ela. Vemos Maria, nas Bodas de Caná da Galiléia, intercedendo pelos noivos, junto a Jesus; aos pés da cruz Maria permanece firme e acolhe a nova missão: ser mãe da humanidade, consoladora nas horas de aflições e morte. A encontramos presente junto aos apóstolos no dia de Pentecostes, início da Igreja nascente. Maria, mãe e discípula, a primeira evangelizadora, a “Mãe da unidade, que nos ensina e convida a caminhar juntos”. Maria, a mulher que transmite alegria, nos ensina a amar e servir.

Caríssimos irmãos e irmãs. Que a participação nesta Romaria nos faça sentir a alegria que Isabel experimentou no encontro com Maria e que esta mesma alegria possamos transmitir no encontro com os irmãos e irmãs em nossas comunidades. Pedimos ainda, que o encontro com Maria nos conduza ao encontro de seu Filho Jesus, lembrando da célebre expressão: “A Jesus por Maria”.

Que esta 71ª Romaria ao nosso Santuário Diocesano de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, seja de fato, o reinício de uma maior participação dos fiéis em nossas comunidades eclesiais, motivados a caminhar juntos e partilhando das mesmas alegrias.

Que Deus abençoe a todos e um bom domingo.

Dom Adimir Antonio Mazali – Bispo Diocesano de Erexim