Notícias › 24/11/2020

Observatório Racial discute crise humanitária com Dom Luiz Lisboa

O Observatório Racial Dom José Maria Pires, da Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP), recebe nesta segunda-feira, 23 de novembro, o bispo de Pemba, em Moçambique, dom Luiz Fernando Lisboa, juntamente com o diplomata aposentado Milton Rondó. O bispo tem sido uma voz consistente chamando a atenção para o agravamento da situação humanitária na conturbada Província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique.

Desde outubro de 2017, a província de Cabo Delgado (norte de Moçambique) tem sido abalada por ataques mortais perpetrados por grupos armados cujas operações estão se tornando cada vez mais sofisticadas e uma fonte de ansiedade para os vizinhos de Moçambique, particularmente a Tanzânia. Os ataques resultaram em centenas de mortos e o deslocamento de moradores devido ao clima de medo que reina na região.

A ONU alertou na última semana para a “crise humanitária em larga escala” que está sendo gerada também na fronteira entre Etiópia e Sudão, depois que milhares de pessoas fugiram de combates que acontecem na região dissidente de Tigré há duas semanas. Preocupado com a ameaça à estabilidade naquela região, o Observatório Racial, buscará contribuir no alerta à comunidade internacional para pressionar o encerramento da operação militar e buscar mecanismos de ação humanitária por parte da Igreja e da sociedade no Brasil em busca de ajuda humanitária para a comunidade africana que padece neste momento.

Serviço:
Reunião do Observatório Dom José Maria Pires da CBJP
Presenças: Dom Luiz Fernando Lisboa – bispo de Pemba, em Moçambique e o Diplomata aposentado Milton Rondó
Quando: segunda-feira, 23/11
Horário: 18h
Local: Plataforma Zoom (ID da reunião: 816 635 5682 – Senha de acesso: 160475)

Com informações da CNBB