Notícias › 24/03/2021

Pastoral das Migrações lança campanha “Apadrinhe um Migrante”

Foto tirada antes da pandemia do Coronavírus

A Pastoral do Migrante do Regional Sul 3, preocupada com a realidade das migrações no Rio Grande do Sul, agravada principalmente pela pandemia do Covid-19, lança esta semana a Campanha Apadrinhe um Migrante.

A pastoral explica que “as migrações têm sido uma constante desde o princípio da história do ser humano, às vezes espontâneas e livres, outras vezes forçadas por fenômenos naturais ou pelos mesmos seres humanos por sua ganância e políticas opressoras dos Estados”.

Com o passar do tempo, esta situação se agravou, ao ponto em que hoje vivemos uma crise humanitária e migratória ao mesmo tempo. “A pandemia da Covid-19 nos chama atenção para um despertar da consciência do Estado, da comunidade e da sociedade em geral, para que não cheguemos ao extremo de uma convulsão social”, alerta o Pe James-son Mercure, cs, coordenador da Pastoral do Migrante no Estado.

Foto tirada antes da pandemia do Coronavírus

Segundo ele, é neste contexto em que nasce a campanha Apadrinhe um Migrante. A iniciativa tem como objetivo “integrar o migrante na sociedade e também desenvolver a própria comunidade que o acolhe”. A intenção é amenizar o sofrimento destas pessoas que aqui chegam, sozinhas ou com suas famílias, ajudando na sua inserção social e laboral neste novo lar. Outra ideia fundamental da proposta é promover a convivência humana e as relações interpessoais, com um espírito de fraternidade entre os gaúchos e os migrantes.

O apadrinhamento de uma pessoa ou uma família de migrantes pode acontecer por diversos sujeitos: Igrejas, paróquias, capelas, famílias, empresas, associações, sindicatos e/ou qualquer pessoa que tenha a boa vontade de ajudar na construção de uma sociedade melhor através do acolhimento aos que precisam.


Como apadrinhar?

  • Busque um quarto ou uma casa para que a pessoa possa começar sua vida (podendo ajudar com aluguel);
  • Ajude a encontrar um trabalho;
  • Contate pessoas que possam auxiliar na inserção laboral do migrante;
  • Incentive e mostre opções de empreendedorismo;
  • Contribua com a integração do migrante na comunidade, apresente a cidade, os serviços
    públicos disponíveis, as opções culturais;
  • Ensine nosso idioma, nossa gastronomia;
  • Apresente ao migrante sua igreja, sua associação ou seu sindicato;
  • Aprenda com o migrante! É uma oportunidade única de conhecer outra cultura, estudar outro idioma, descobrir diferentes músicas, pratos típicos entre outros. Sobretudo, estreitar as relações humanas, enriquecer as comunidades e fazer a diferença na vida das pessoas.

 

Para saber mais sobre a campanha entre em contato com o CIBAI Migrações, com os padres Ademar Barilli, James-son Mercure e Anderson Luis Hammes.
Telefone: 51 9 9222 4481
E-mail: cibaimigracoes@gmail.com