Notícias › 06/09/2021

Guaporé: Primeira Rádio de inspiração católica do RS celebra 70 anos

A Rádio Aurora, em Guaporé, celebrou no último domingo seus 70 anos. A Rádio Aurora é uma das cinco emissoras da Rede Scalabriniana de Comunicação.

A “Acta número 1” da Fundação da sociedade Rádio Sonora, a Voz de Guaporé, registra: “Aos vinte dias do mês de fevereiro do ano de mil novecentos e quarenta, às vinte horas, reunidas na sala onde funciona, em caráter experimental, a estação amplificadora, de transmissão e retransmissão, desta cidade de Guaporé sob a presidência do paranynpho da estação Dr. João Manoel Pereira, este, em breves palavras, expôs os fins da reunião, que são o de constituir-se, aproveitando dos aparelhos pertencentes à Igreja Matriz, uma agremiação, com as finalidades de propugnar pela difusão e aperfeiçoamento da educação e cultura do povo, promovendo e colaborando das festividades cívicas e religiosas da cidade; organizando récitas theatraes e musicaes (…) A Voz de Guaporé irradiará todas as terças, quintas e sábado à noite e aos domingos à tarde (…)”.

Efetivamente a Rádio Sonora, a Voz de Guaporé, ZYU 31, posteriormente chamada, Rádio Sulina de Guaporé, fez sua primeira transmissão em 7 de setembro de 1951, transmitindo a parada cívica realizada na Praça Vespasiano Corrêa, no centro da cidade de Guaporé, RS.

Por ter sido, nos seus inícios, utilizada para fins político-partidários, a Rádio enfrentou sérias dificuldade econômicas e os proprietários decidiram vendê-la.  Foi assim que no ano de 1956, os Missionários de São Carlos – Scalabrinianos (também conhecidos por Padres Carlistas) liderados pelos padres Ângelo Corso e Roberto Roncato, adquiriram a emissora que passou a denominar-se Rádio Aurora LTDA, pois viam neste meio de comunicação um potente e excelente instrumento de evangelização.

Por quase trinta anos, até 1979, a Rádio Aurora era a única emissora da região e a sua principal programação era centralizada e dedicatórias e aniversários. Não havia programas culturais. Transmitia-se o Rosário em Famílias e a Missa na Igreja Matriz aos domingos. Pe. Giuseppe Corradin, o primeiro diretor da emissora, assim escreveu: “era uma rádio muito simpática porque se falava das coisas da região e animava a política, tema de interesse de todos”.

Muitas foram as dificuldades enfrentadas. A energia elétrica era precária na região, fazendo com que a baixa voltagem dificultasse o funcionamento, obrigando assim a instalação de um gerador de energia. Outro grande desafio era o financeiro. Pe. Giuseppe, montado numa lambreta, visitava os comerciantes da região para vender publicidade e assim garantir a operacionalidade da rádio. Também se enfrentava dificuldade com os discos, pois a indústria discográfica estava ainda começando. Então a Rádio Aurora fazia uso de discos que os padres vindos da Itália traziam e assim rodava músicas italianas através de um fonógrafo que amplificava o si lido com uma agulha. Nas colônias de descendentes italianos (interior das cidades da região) essa programação era muito apreciada.

Os Avanços

Ao longo dos anos, a Rádio Aurora procurou acompanhar e modernizar-se conforme os avanços tecnológicos de cada época. Das transmissões por fio de aço, passando pelos discos lidos por uma agulha, à informatização em 1995, chega aos 70 anos com os modernos sistemas digitais que permitem que a comunicação aconteça em diversas plataformas. A rádio segue tradicional pelos 107.1 FM, mas pode ser ouvida através do site www.rdaurora.com.br, pelo aplicativo para smartphones Rede Scalabriniana de Comunicação, e seu conteúdo jornalístico, cultural e de entretenimento também está nas redes sociais Facebook, com mais de 43 mil seguidores e no Instagram. Muitas plataformas que convergem para o Rádio, o melhor amigo do brasileiro.

Em 2003 a Rádio Aurora – depois de um momento crucial – passou por uma reformulação, inaugurando uma nova programação, com atualização de seu sistema de transmissão e melhorando profundamente sua qualidade tanto técnica quanto de programação. Mas sempre operando na frequência AM 1350 quilohertz.

E, em 2019, no dia 09 de janeiro, a grande virada com a migração para o FM, passando desde então a operar com 1000 watts de potência e na frequência FM 107.1, ampliando seu alcance para um raio de aproximadamente 200 quilômetros, operando as 24 horas, com uma equipe de profissionais qualificados e comunicação local por 13 horas diárias.

A Rádio Aurora hoje

A Rádio Aurora hoje nos orgulha de há 70 anos estar evangelizando, gerando amizade e fé. Primeira rádio de inspiração católica no Rio Grande do Sul e terceira no Brasil (a primeira é a Rádio Excelsior de Salvador, Bahia, de 1942 e a segunda é a Rádio Legendária de Lapa, Paraná, de 1950) a Rádio Aurora é uma das cinco emissoras da Rede Scalabriniana de Comunicação, cuja missão é anunciar a vida prestando serviços que visam a promoção humana integral e o crescimento social e econômico local.

A pandemia da Covid-19 desafiou o mundo, mas o rádio foi o grande elo da comunidade local, renovando sua vocação em Guaporé e região. O grande desafio da era da conexão pegou a Rádio Aurora à frente do seu tempo. As vozes de seus locutores foram companhia, informação, fé, esperança e informação com credibilidade. Suas redes sociais Rádio Aurora 107.1FM no Facebook e @rdauroraguapore no Instagram foram braços importantíssimos para atingir novos públicos, faixas etárias e interesses através da internet, a grande protagonista da conexão durante o isolamento. Em todas as plataformas, a Rádio Aurora está seguindo sua missão e seus valores que são: valorizar a vida; promover e preservar a cultura local; primar pela Verdade e a Justiça; promover a pessoa humana na sua integralidade; promover a interculturalidade e o carisma Scalabriniano; e, vivenciar os valores cristãos.

O jornalismo hoje é o carro-chefe da programação, mas a migração para a Frequência Modulada também trouxe uma transformação na linguagem e programação musical. As tardes ganharam espaço para uma comunicação que une informação com entretenimento e renovação musical, com lançamentos e compartilhamento em Redes Sociais.

A Evangelização, na busca pela espiritualidade em tempos de pandemia, também teve sua importância renovada, atingindo faixas etárias também mais jovens, que ao buscarem entretenimento, encontram a fé.

Hoje a Rádio Aurora é múltipla, conectada, camaleônica, presente e atuante na comunidade. É elo, união, ponte, entre o pensamento e ação, a necessidade e a doação, a informação e seu destino.

Desde o primeiro bom dia ao último boa noite, a jovem senhora chamada Rádio Aurora renasce a cada desafio, mais presente e mais importante para as pessoas que acompanham seus canais de comunicação e que levam sua missão no coração.

“A mais querida”, como é conhecida, completa 70 anos com o fôlego de quem acaba de amanhecer e se propõem a continuar sendo companhia em todas as horas, alento nas dificuldades e alegria nas conquistas coletivas.

Celebração dos 70 anos

No domingo 05 de setembro, foi celebrada a Santa Missa de Ação de Graças pelos 70 anos da Rádio Aurora na Comunidade Bom Jesus, em Guaporé (RS). Presidiu a missa, Pe. Alexandre De Nardi Biolchi, diretor da Rede Scalabriniana de Comunicação. Concelebraram: Pe. Pedro Luis Nierotka, pároco da Paróquia Santo Antônio; Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa, vigário paroquial; e, Pe. Joel Ferrari, diretor do Recanto São Carlos.

A equipe da Rádio Aurora esteve presente e foi apresentada à toda a comunidade.

Pe. Alexandre De Nardi Biolchi, cs e Michele Lunardi