Notícias › 15/03/2022

Reunião em Santa Maria reflete evangelização das Juventudes no Estado

No último final de semana, 12 e 13, estiveram reunidos na cidade de Santa Maria, 27 Assessores, Articuladores e Comunicadores de 12 Dioceses do Regional Sul 3 da CNBB. As lideranças presentes, representantes dos Setores Juventude arqui/diocesanos, partilharam momentos de reflexão sobre a realidade da evangelização da juventude no Rio Grande do Sul.

A reunião de Assessores, Articuladores e Comunicadores do Serviço de Evangelização da Juventude Regional contou com a assessoria de Dom Leomar Brustolin abordando a temática Fraternidade e Educação, tema na CF 2022. O assunto, muito próximo da realidade juvenil, suscitou diversas interações e reflexões acerca do tema. A palavra forte deixada pelo Arcebispo de Santa Maria ao final de sua exposição foi “escuta”, aludindo à posição que devemos nos colocar enquanto Igreja diante das realidades da educação no Brasil.

Alternando momentos de oração, formação, animação e celebração, a reunião foi de motivação para a retomada dos trabalhos presenciais após dois anos de encontros à distância. A realidade pandêmica atingiu diretamente a participação dos jovens em seus grupos, movimentos e demais espaços juvenis, resultando no enfraquecimento dos espaços de protagonismo juvenil, tal como o Setor Juventude. Essa realidade foi trazida pelos participantes como uma grande preocupação, mas também foram lembradas iniciativas surgidas durante esse período que se tornaram facilitadoras do serviço junto aos jovens.

Ao final do encontro, Dom Darley Kummer, Bispo referencial do Serviço de Evangelização da Juventude Regional CNBB Sul 3, presidiu a celebração eucarística pontuando em sua homilia as esperanças trazidas durante a reunião pelos participantes. “É momento de descermos do monte Tabor, voltarmos às nossas realidades diocesanas, arregaçarmos as mangas e trabalharmos para que a Evangelização da Juventude siga pulsando no coração da Igreja”, afirmou.

2022 começou com um importante momento para a juventude gaúcha e ainda promete muitas ações ao longo do ano. Na reunião foram definidas algumas datas e eventos regionais, provinciais e diocesanos visando fortalecer o processo de evangelização das Juventudes no estado ao longo do ano. O momento é de retomada, com muitos desafios no horizonte pastoral, mas com muita esperança e motivação para fazer do Rio Grande do Sul um solo fértil para a evangelização da juventude.