Artigos, Bispos › 07/10/2019

SÍNODO PARA A AMAZÔNIA

+ Hélio Adelar Rubert – 05/10/2019.

 

De 6 até 27 de outubro acontece em Roma o Sínodo da Amazônia, convocado pelo Papa Francisco, com o tema: “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”. Com o Sínodo, os bispos, as lideranças eclesiais e os especialistas convidados, procurarão buscar soluções pastorais para toda a Amazônia.

O Sínodo da Amazônia não é um acordo, como na política, ou algumas investigações sociológicas. O Sínodo tem a finalidade de encontrar novos caminhos para a evangelização do Povo de Deus, especialmente, dos indígenas e ribeirinhos, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro melhor, também por causa da crise da Floresta Amazônica que é um pulmão de grande importância para nosso Planeta Terra.

Um participante brasileiro afirma: “Se o Espírito Santo não está presente, não há Sínodo, pois não existe sinodalidade. Rezem ao Espírito. Discutam entre si o que queiram! Pensem no Concílio de Éfeso, como houve discussões! Mas eram boas. E, no final, foi o Espírito quem os levou a dizer: ‘Maria, Mãe de Deus’. Este é precisamente o caminho. Porque nós queremos uma Igreja Sinodal. E seguir adiante neste caminho”   (+ Alberto Taveira – Arcebispo de Belém do Pará).

Três princípios orientarão o Sínodo: 1º) Conhecer a riqueza do bioma amazônico, sua cultura e diversidade; 2º) Reconhecer as dificuldades e resistências dos Povos da Amazônia com a colonização e projetos desenvolvimentistas pautados na exploração desmedida, na destruição das florestas e dos recursos naturais; e 3º) defender a Amazônia, seu bioma e seus povos ameaçados pelos projetos econômicos em seus territórios. O pano de fundo, porém, é sempre a evangelização de toda a região amazônica.

Todos somos convidados a refletir sobre a realidade do Sínodo, sem paixões ou ideologias, a orar para que o Espírito Santo guie, ilumine e conduza os bispos sinodais e os demais representantes. Que o Espírito Santo, agente primeiro de toda evangelização, guie a Igreja de Cristo neste Sínodo. Que Maria Santíssima ampare este Sínodo para que seja uma expressão concreta de uma Igreja em saída, para que a vida plena de Jesus chegue a todos (cfr. Jo 10, 10).