Artigos, Bispos › 19/11/2021

Solenidade de Cristo Rei

Saudamos a todos os que acompanham a Voz da Diocese e conosco celebram o último Domingo do Tempo Comum, encerrando o ano Litúrgico com esta grande Solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo. Queremos saudar também, com muita gratidão, os irmãos e irmãs leigas neste dia a eles dedicado.

Somos chamados a reconhecer a realeza de Jesus Cristo e a renovar nosso compromisso com os valores do seu Reino, no serviço à Igreja e aos irmãos. Por isso, volta-se nosso olhar a este importante papel que exercem nossos leigos e leigas em meio a sociedade e nos lugares mais desafiadores para a vivência cristã, dos quais muitas vezes, a Igreja como instituição não consegue estar presente.

A liturgia desta solenidade nos convida a olhar para realeza de Jesus, Senhor do céu e da terra, Senhor de nossa vida. Um olhar que encontra n’Ele um diferencial das realezas deste mundo. Entendemos nesta oportunidade que a lógica de Deus não é a lógica dos homens.

A primeira leitura da profecia de Daniel anuncia a intervenção de Deus anunciando que “entre as nuvens do céu, vinha um como filho de homem” (Dn 7,13) para renovar este mundo e construir um reino de justiça, de amor e de verdade. Ele vem com poder e Nele todos alcançarão a salvação.

São João, no Livro do Apocalipse, apresenta Jesus como o princípio e o fim de todas as coisas, “o primeiro a ressuscitar dentre mortos”, e ainda: “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, ‘aquele que é, que era e que vem, o Todo-poderoso”. Revela o mesmo espírito apresentado por Daniel e remete à instauração de um reino de felicidade e paz para todos os seres humanos.

Nada mais do que a confirmação desta realeza de Jesus se apresenta na cena do Evangelho de João, quando Jesus diante de Pilatos é interrogado: “Tu és o rei dos judeus?” (Jo 18,33) e na sequencia deste, o próprio Jesus afirma: “O meu reino não é deste mundo” (Jo 18,36).

Caríssimos irmãos e irmãs. A realeza e a autoridade de Jesus se nos apresenta no testemunho de amor de Jesus por toda a humanidade a ponto de dar sua vida, e no serviço aos irmãos, como ele mesmo testemunhou em toda a sua trajetória entre nós. Desta forma, o cristão leigo, vivendo a sua vocação própria no mundo é chamado a testemunhar este amor concreto entre os irmãos. Por sua ação na Igreja e no mundo tornar visível, os verdadeiros valores do Reino de Deus.

Queremos agradecer todas as nossas lideranças leigas que com empenho e dedicação, são no mundo, a Igreja viva que vai ao encontro dos homens e mulheres de todos os tempos e lugares, anunciar e testemunhar Jesus Cristo como “Rei do Universo”. Pedimos ainda que o Espírito Santo que nos ajude, neste tempo de pandemia, a retomar com alegria, nossa participação na comunidade cristã para fortalecer nossa adesão no seguimento a Jesus Cristo e na vivência dos valores por Ele anunciado e que, iniciando a Campanha da Evangelização, ouçamos a voz do senhor que nos diz: “Ide, sem medo, para servir”. Que Deus abençoe a todos nós. Amém!

Dom Adimir Antonio Mazali – Bispo Diocesano de Erexim