WEBMAIL

Regional Sul 3 lança material para Coleta de Pentecostes, em prol da Missão em Moçambique

 

Enquanto os cartazes e envelopes já estão a caminho das 18 arqui/dioceses do Estado, o COMIRE lança as peças em formato digital para animar a Coleta de Pentecostes, este ano em 18 e 19 de maio.

 

São 30 anos de história e mais de 70 missionários enviados no projeto Igrejas Solidárias, uma parceria entre a Igreja Católica do Rio Grande do Sul e a Arquidiocese de Nampula, no norte de Moçambique.

Este projeto de missão além fronteiras só se concretizou e segue existindo graças ao compromisso da Igreja de todo o Rio Grande do Sul, que assumiu a Solenidade de Pentecostes como momento fundamental de mobilização de recursos em favor de Moçambique.

Por isso, o Regional Sul 3 e o Conselho Missionário Regional lançam nesta quarta-feira, 03 de abril, os materiais para a motivação da Coleta de Pentecostes em cada comunidade, paróquia e arqui/dioceses do Estado.

Muitos formatos para ir mais longe

Para garantir que a campanha de mobilização para a Coleta de Pentecostes chegue em todos os recantos do Rio Grande do Sul, a coordenação do COMIRE preparou peças em diversos formatos: cartazes e envelopes impressos, vídeos, cartões digitais e áudios.

O material físico – mais de 4300 cartazes e 135 mil envelopes – chega nas 18 arqui/dioceses do Rio Grande do Sul até esta sexta-feira, 05 de abril, para garantir a distribuição em todas as comunidades e paróquias até o dia da coleta.

Além disso, já estão disponíveis as artes em diversos tamanhos, para serem utilizadas em stories do Facebook e Instagram, capa de Facebook, post, carrossel, e outros.

Você pode acessar e baixar todas as peças, em diversos formatos no Drive, basta clicar aqui.

 

 

Outras forma de contribuir

Uma novidade importante este ano na mobilização da Coleta de Pentecostes é a disposição do PIX para contribuição. A modalidade facilita para contribuição tanto dos gaúchos e gaúchas que preferem contribuir diretamente por ali, quanto para aqueles que estão fora do Rio Grande do Sul e também gostariam de ajudar a missão em Moçambique.

O QR Code abaixo também está disponível nos cartazes e envelopes da Coleta e a transferência também pode ser realizada pela chave financeiro@cnbbsul3.org.br.

A missão em Moçambique

Desde 1994, a atuação das equipes missionárias priorizou as áreas da saúde, educação, promoção da mulher e direitos humanos, aliadas ao atendimento religioso e pastoral. Atualmente, a equipe missionária é responsável pelo acompanhamento a duas paróquias que somam mais de 150 comunidades e mantém dois projetos sociais na área da educação: uma Biblioteca Comunitária que disponibiliza acesso aos livros para alunos da Vila de Moma e o projeto de alfabetização e reforço escolar Murima Wa Mwana (Coração de Criança), que conta com 9 turmas, atendendo 179 crianças e adolescentes e 23 adultos.

Além disso, desde 2009, a missão em Moçambique mantém um Lar Vocacional, que acolhe jovens rapazes para o discernimento vocacional. Neste tempo, seguem estudando na escola regular e são acompanhados pela equipe missionária em seu processo de amadurecimento e discernimento. Quando concluem a 12ª classe, escolhem seguir o caminho vocacional nas congregações ou no seminário arquidiocesano.

Atualmente, em Moma, são missionários do Projeto Igrejas Solidárias: Benedito Salvador Ataguile, da Diocese de Osório; Pe. Henrique Neis, da Diocese de Novo Hamburgo; Pe. Luiz José Weber, da Diocese de Santo Ângelo; Maria Bernardete Acadroli, da Diocese de Caxias do Sul; e Pe. Josemar Silva, da Arquidiocese de Florianópolis.

Saiba mais sobre a missão em Moçambique na página especial aqui em nosso site.

CNBB Sul 3