PASTORAL › 09/03/2020

Pastoral da Educação prepara 1ª Jornada Pedagógica da CNBB Sul 3

“Muitas vezes a educação é pensada em uma percepção mais pragmática: o mercado, o trabalho – um resultado. Mas nós percebemos que quem educa, educa para a vida, para que as pessoas sejam felizes”, aponta dom Leomar Brustolin.

O contexto das juventudes e de seus educadores é alarmante. Alguns aspectos desta realidade se tornaram motivadores para a proposição da 1ª Jornada Pedagógica da CNBB Sul 3. “A perda de valores e do sentido da fé, mas principalmente a perda do sentido da vida, faz com que muitos professores e educadores estejam desmotivados. Estão precisando de uma força, mas esta força tem que ser propostiva”, alerta dom Leomar Brustolin, bispo referencial da Comissão Episcopal para a Cultura e Educação da CNBB.

A proposta da Jornada Pedagógica nasce da percepção de desvalorização e descaso com a vida de alunos e professores e, por isso, traz para a reflexão o tema Educação e Espiritualidade a Favor da Vida. “O Rio Grande do Sul é o Estado do Brasil com o índice mais alto de pessoas que cometem suicídio. Estas questões abalam diretamente a sociedade e têm uma repercussão direta na escola”, destaca dom Leomar.

O padre Rogério Ferraz de Andrade, coordenador da Pastoral da Educação no Rio Grande do Sul, explica que o grupo já vem trabalhando há anos nesta perspectiva do resgate da dignidade da vida e que, ao perceber a preocupante realidade das escolas do Estado, se propõe a refletir e apontar caminhos. “Em sintonia com a Campanha da Fraternidade deste ano, que fala sobre o resgate da vida como dom e compromisso e toda a caminhada da pastoral da educação no Rio Grande do Sul, a comissão pensou em reunir os professores para ajudá-los nesta perspectiva não só da motivação em torno da profissão do professor, mas especialmente da dignidade da pessoa”, explica pe. Rogério.

O encontro é direcionado a todos os professores do Rio Grande do Sul, conforme realça pe. Rogério: “professores da educação básica ou ensino superior; de escolas públicas ou privadas e de escolas formais ou também informais”.

A 1ª Jornada Pedagógica acontece na PUC, em Porto Alegre, nos dias 23 e 24 de julho. O encontro oferecerá aos participantes painéis, oficinas e mesa temática, além de uma conferência com a psicóloga e suicidologista Dra. Karina Fukumitsu. As inscrições podem ser realizadas diretamente no site da PUC ou pelo site da CNBB Sul 3.

Pastoral da Educação

O grupo, com representantes das arquidioceses e dioceses do Rio Grande do Sul, se reuniu na manhã desta segunda-feira, 09, na PUCRS para a sua primeira reunião do ano. O momento refletiu o Pacto Educativo Global e o encontro proposto pelo Papa Francisco sobre o tema, no Vaticano, em outubro.

Durante o dia os participantes também trabalharam intensamente na preparação da Jornada Pedagógica, apontando os caminhos para a motivação dos professores em cada realidade e destacando a importância do envolvimento de todos para o êxito do encontro.